domingo, novembro 05, 2006

uma chauffeur...

Emma Tobback R. Navarro F.

As noites começavam a ser repetitivas, sem nunca saber quando é que realmente deveria arrancar de vez para a maternidade.
Com os nervos à flor da pele e com todas as saídas comprometidas, acabava por andar com a preocupação constante de ter bateria e rede no telemóvel, andando sempre por perto ou fazendo por isso, por nunca saber quando é que a natureza entendia dar início ao trabalho de parto.

Com o carro a postos há mais de 15 dias, o Chauffeur só queria o pretexto para arrancar furiosamente, estrada fora, algo que já estava idealizado desde... bem! desde que se soube da gravidez.

23h de sábado...
A meio de um filme de 2ª, muito mau por sinal, a grávida acusou o mal-estar, receou as contracções que pareciam diferentes das que já a acompanhavam há vários dias mas que, apesar de irregulares, começavam a tornar-se credíveis e por conseguinte a causar algum nervosismo. Como se o parto tivesse começado em casa, o Chauffeur liga os 4 piscas e com uma boa razão esquecer vermelhos, rotundas e stops, faz uma viagem oficinas-maternidade em pouco mais de 25 minutos, como se tivesse numa qualquer etapa do antigo Rally de Portugal, serra fora.
O chauffeur trocou a sua indumentária habitual de motorista profissional por uma bata e um par de "pantufas" plásticas azuis, a condizer, enquanto o Benfica deixava o Braga meter umas bolas na baliza, para sofrimento das parteiras e dos anestesistas.
Nas boxes das grávidas, a cada lance, a cada contra-ataque, faziam uma pausa no parto para ver a repetição:
-"Como é que foi possível...!? Aquela bola era de caras!
Bem! Sra. Parteira... Onde é que nós iamos? Tenho de fazer força, não é?
Vamos lá então..."
E assim iam nascendo uns bebés.
Quando passavam 19 minutos da 1h da manhã, foi a vez da Emma.
Bonita, miúda gigante com uns robustos 53 cm e 3.650 Kg de peso, saiu cá para fora graças também à valentia da mãe.

Acabou-se o estágio! É tempo de voltar à estrada.
Chauffeur Navarrus ao vivo em Lisboa, já em Janeiro!
Fiquem atentos!